g2h

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Dilma Rousseff sétimo ano resumo para trabalho

Dilma Rousseff sétimo ano resumo para trabalho nasceu no dia 14 de dezembro de 1947 em Belo Horizonte, Dilma Vana Rousseff.
Formada  em economia pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. A ex-ministra iniciou sua militância política aos 16 anos, e passou para a luta armada contra o regime militar. Foi presa em 1970, por quase 3 anos, e submetida a tortura.
Em 1967 casou-se com o jornalista Claudio Galeno, cinco anos mais velho, era integrante do movimento Política Operária (Polop). O casamento não durou em meio à luta armada e Dilma casou-se novamente, em 1969, com o advogado gaúcho Carlos Franklin Paixão de Araújo, que conheceu nas reuniões do Comando da Libertação Nacional (Colina). Após deixar a prisão, Dilma mudou-se para Porto Alegre, em 1972.
Em 1976, Dilma teve sua única filha, Paula Rousseff Araújo.
Embora tenha se firmado como candidata à sucessão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma é novata no PT (Partido dos Trabalhadores). Em 1980, ela ajudou a fundar o PDT, legenda à qual permaneceu filiada até 2001, quando ingressou em sua atual legenda. Durante a campanha presidencial de 2002, que levou Lula ao Palácio do Planalto, Dilma ganhou destaque na equipe responsável por formular o plano de governo na área energética. Foi convidada então a ocupar a pasta de Minas e Energia em 2003. Dilma permaneceu à frente do ministério até junho de 2005.
Ela substituiu o ex-ministro José Dirceu, acusado de operar o esquema do mensalão. Em abril de 2009, revelou que estava se submetendo a tratamento contra um linfoma descoberto em um exame de rotina. Após sessões de radioterapia e quimioterapia, Dilma diz estar curada do câncer e, apenas alguns meses depois, o PT oficializou sua candidatura à Presidência da República nas eleições 2010.
Recuperada do tratamento contra o câncer, Dilma comandou uma extensa campanha pelo País, tendo Lula como seu maior cabo eleitoral. Viu a corrida ser levada ao segundo turno, em meio a denúncias envolvendo sua antiga auxiliar e então ministra da Casa Civil Erenice Guerra. Na segunda etapa de votação, entretanto, Dilma confirmou o favoritismo e saiu vitoriosa das urnas.
Em 1º de janeiro Dilma tomou posse, e desde então, passou a adotar um estilo mais discreto e reservado que o de seu antecessor. A petista empenhou-se em conciliar os partidos da base aliada, para montar sua equipe de governo.
Além disso, a presidenta reservou uma fatia significativa dos cargos do primeiro escalão para as mulheres.
Hoje, seu ministério é recordista na participação feminina. Desde o início do governo, entretanto,
Dilma passou por diversas crises políticas, que resultaram na demissão de vários integrantes do primeiro escalão em meio a denúncias de corrupção


PESQUISE NO GOOGLE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares

Google+ Followers

Google+ Badge

PESQUISE NO GOOGLE